bh | sp | rio - eng | port

A VIDA DURANTE A GUERRA

Todd Solondz | EUA | 2009 | Digital, 98 min.

Todd Solondz retoma os personagens de seu clássico cult Felicidade (Happiness), mais de uma década depois.Trabalhando com um elenco completamente novo, Solondz volta a acompanhar as três irmãs Jordan – Joy, Trish e Helen – e os desdobramentos complexos de suas relações com os homens, com seus filhos e com seus pais. Solondz disseca de modo incisivo e consistente a vida nos subúrbios americanos, abordando temas delicados como pedofilia, suicídio e perversão sexual com um espírito de curiosidade e vitalidade que se mostra simultaneamente audacioso, desconfortável e pungentemente honesto.

White material

Claire Denis | França | 2009 | 35 mm, 100 min.

Em algum lugar da África, numa província devastada pela guerra civil, Maria, uma feroz e corajosa mulher branca, se recusa a abandonar suas plantações de café ou a reconhecer o perigo que coloca sua família. Para Maria, partir é se render, um sinal de fraqueza, de covardia. Nessa plantação, que foi passada por três gerações de brancos, André – seu ex-marido, e pai do seu filho adolescente – teme pelo orgulho cego e resistente de Maria. Sem ela saber, ele planeja sair do país. Enquanto isso, um oficial rebelde está escondido nas redondezas. Com a vida se desintegrando em torno deles, cada um faz suas escolhas, nenhuma delas, previsível.

Cure

Kiyoshi Kurosawa | Japão | 1997 | 35 mm, 111 min.

Um detetive policial com problemas familiares assume a investigação de uma série de assassinatos brutais. Depois que os crimes são cometidos, os assassinos - cidadãos exemplares, acima de qualquer suspeita - não conseguem se recordar de nada sobre eles. Um rapaz que sofre de amnésia e que se encontrou com todos os assassinos se mostrará essencial para o desvendamento do caso. Nesta obscura trama de detetive, Kiyoshi Kurosawa reveste o ato de matar com uma dimensão existencial profunda. Cada assassinato é um ato de libertação, um passo no sentido da quebra dos grilhões sociais. Provocando simultaneamente repulsa e fascínio, o assassinato lança um olhar para o universo obscuro dos instintos humanos e dos desejos reprimidos.

SONATA DE TÓQUIO

Kiyoshi Kurosawa | Japão | 2008 | 35 mm, 119 min.

Um retrato de uma família japonesa aparentemente comum. O pai que perde seu emprego de uma hora para outra esconde o fato de sua família; o filho mais velho, que faz faculdade, mal volta para casa; o mais novo assiste a aulas de piano sem que seus pais saibam; e a mãe, que no fundo percebe que seu papel é manter a família unida, não consegue encontrar a vontade necessária para fazê-lo. Visto de fora, tudo é normal e imutável. Entretanto, de algum modo, uma rachadura simples e imprevisível já se abriu no seio da família, e começa a se expandir silenciosa e rapidamente rumo à desintegração do lar.

MAL DOS TRÓPICOS

Apichatpong Weerasethakul | Tailândia/França/Alemanha/Itália | 2004 | 35 mm, 118 min.

Um caso de amor secreto entre o jovem soldado Keng e o garoto interiorano Tong é interrompido com o desaparecimento repentino do menino. A linguagem visual do diretor Apichatpong desvia-se então para o mito e para a alegoria na segunda metade do filme. Segundo as lendas locais, o garoto teria se transformado numa fera selvagem misteriosa que muda continuamente de forma. Com as consequências psicológicas da paixão entre os rapazes transcorrendo no cenário ameaçador da selva tailandesa, Keng se embrenha sozinho no coração da floresta sombria e luxuriante para encontrar o objeto do desejo de seu coração.

Indie 2010 – World Film Festival ( Brazil ) on Facebook